Oficial Sénior do Programa de Agroecologia e Empreendedorismo Rural

SWISSAID

  1. Título da função

Oficial Sénior do Programa de Agroecologia e Empreendedorismo Rural (ESP-AEER)

  1. Local de trabalho

O/A ESP-AEER está baseado/a no Escritorio de Coordenação da SWISSAID na Guiné-Bissau (BuCo-GB). Realiza missões frequentes no terreno na Guiné-Bissau (~40% do tempo) e pode ser-lhe/lha solicitada a participação em actividades noutros países.

  1. Posicionamento na organização

O/A ESP-AEER é supervisionado/a pelo/a Representante da SWISSAID na Guiné-Bissau (RP). O/A PSC-AEAR supervisiona o Ponto Focal e o Conselheiro Temático em Agroecologia e os/as Encarregados/as de Programa.

  1. Principais tarefas

A posição visa implementar e reforçar a agroecologia e o empreendedorismo rural no quadro do Programa da SWISSAID na Guiné-Bissau e assegurar a gestão de qualidade dos projectos nestas áreas.

  1. Responsabilidades

Concepção do programa e do projecto:

  • Participar na revisão da concepção do Programa e dos projectos em curso;
  • Conceber novos projectos no campo da agroecologia e do empreendedorismo rural, e reforçar sinergias com outras áreas do programa, tais como o género;
  • Apoiar a realização de pesquisas temáticas, estudos de viabilidade e estudos de base e de fins de projectos.

Ciclo do programa e do projecto:

  • Planear e gerir todo o ciclo dos projectos sobre a sua responsabilidade aplicando os princípios e ferramentas da gestão baseada em resultados;
  • Assegurar que os planos de trabalho do Programa e dos projectos sobre a sua responsabilidade sejam preparados, implementados e actualizados de forma atempada e eficiente;
  • Assegurar que os relatórios periódicos dos projectos sobre a sua responsabilidade sejam preparados e apresentados atempadamente e com a qualidade exigida;
  • Em coordenação com o Oficial de Monitorização, Avaliação, Responsabilização e Aprendizagem do BuCo-GB, assegurar que as ferramentas e recomendações nestes domínios sejam devidamente aplicadas nos projectos sob a sua responsabilidade;
  • Apoiar o planeamento e gestão do ciclo do projeto, bem como contribuir e apoiar a preparação do relatório anual do Programa e de quaisquer outros relatórios;
  • Identificar novos parceiros para a implementação dos projectos sob a sua responsabilidade e para a implementação do Programa;
  • Avaliar as parcerias existentes no âmbito dos projectos sob a sua responsabilidade, definir medidas para melhorar estas parcerias e acompanhar a sua implementação;
  • Assegurar uma colaboração e informação relevante e eficiente com organizações parceiras e beneficiários dos projectos sob a sua responsabilidade;
  • Apoiar o desenvolvimento da capacidade do pessoal da BuCo-GB e das organizações parceiras na gestão do ciclo do projecto e na gestão baseada em resultados;
  • Identificar e testar ferramentas informáticas relacionadas com a gestão do ciclo do projecto e apoiar o seu desenvolvimento, adaptação e utilização no âmbito dos projectos sob a sua responsabilidade e das actividades das organizações parceiras.

Agroecologia:

  • Em coordenação com o Ponto Focal de agroecologia, prestar assistência técnica em agroecologia ao pessoal da BuCo-GB e das organizações parceiras;
  • Conceber, apoiar e supervisionar a formação no ramo da agroecologia;
  • Apoiar a criação ou revitalização de grupos de reflexão e grupos de trabalho no campo da agroecologia;
  • Apoiar a produção, divulgação e capitalização de estudos no campo da agroecologia;
  • Participar e/ou apoiar a participação de colaboradores da BuCo-GB e das organizações parceiras em eventos, seminários e visitas de intercâmbio relacionados com a agroecologia;
  • Identificar e testar ferramentas informáticas relacionadas com a agroecologia e apoiar o seu desenvolvimento, adaptação e utilização no âmbito dos projectos sob a sua responsabilidade e das actividades das organizações parceiras.

Empreendedorismo rural:

  • Apoiar a identificação, concepção, implementação e desenvolvimento de iniciativas empresariais rurais sustentáveis e inclusivas;
  • Apoiar a formação do pessoal da BuCo-GB e das organizações parceiras e os beneficiários em empreendedorismo rural;
  • Apoiar a promoção da sustentabilidade e da inclusão no sector empresarial rural;
  • Identificar e testar ferramentas informáticas relacionadas com o empreendedorismo rural e apoiar o seu desenvolvimento, adaptação e utilização no âmbito dos projectos sob a sua responsabilidade e das actividades das organizações parceiras.

Preparação e acompanhamento de projectos, acompanhamento de parceiros:

  • Se necessário, ajudar os parceiros na preparação dos projectos e acompanhar a sua implementação de acordo com os critérios da SWISSAID;
  • Assegurar que os beneficiários dos fundos SWISSAID informem sobre as suas actividades de forma exaustiva, atempada e satisfatória;
  • Assegurar que os recursos dos projectos são desembolsados e contabilizados de forma eficiente e atempada pelos parceiros;
  • Contribuir para o reforço das capacidades das organizações parceiras;
  • Planear e realizar visitas regulares junto as organizações parceiras para as supervisionar, orientar e aconselhar.

Administração e gestão de fundos:

  • Desenvolver orçamentos para novos projectos sob a sua responsabilidade;
  • Rever e actualizar os orçamentos dos projectos sob a sua responsabilidade;
  • Em colaboração com as Relações-Públicas e o/a Responsável da Administração e das Finanças, definir o calendário dos requisitos de dinheiro para a implementação dos projectos sob a sua responsabilidade e apoiar a integração deste calendário no planeamento mensal e nos pedidos de financiamento dos projectos sob a sua responsabilidade;
  • Verificar a forma e o conteúdo dos pedidos de financiamento para os projectos sob a sua responsabilidade;
  • Assegurar que os fundos dos projectos sob a sua responsabilidade sejam utilizados e documentados de acordo com os requisitos e normas da SWISSAID;
  • Verificar a integralidade e exactidão dos relatórios financeiros e narrativos dos projectos sob a sua responsabilidade;
  • Participar na divulgação e revisão das directrizes da SWISSAID para a gestão dos fundos e projectos sob a sua responsabilidade;
  • Apoiar a preparação e execução de auditorias internas e externas do Programa e projectos sob a sua responsabilidade, e a implementação e acompanhamento das recomendações resultantes destas auditorias;
  • Comunicar imediatamente e por escrito ao RP qualquer anomalia detectada na gestão dos fundos e projectos sob a sua responsabilidade, bem como do pessoal, serviços e bens financiados pelos fundos do Programa.

Angariação de fundos e comunicação:

  • Contribuir para as actividades de angariação de fundos de acordo com as respectivas directrizes da SWISSAID;
  • Escrever relatórios, actualizações, documentos de orientação, etc.;
  • Obter e/ou desenvolver materiais de comunicação de acordo com as normas da SWISSAID a pedido da SWISSAID na Suíça, do BuCo-GB ou por iniciativa própria.

Questões transversais:

Promover através do programa questões transversais, incluindo, mas não se limitando ao género, juventude, reforço da sociedade civil e alterações climáticas.

Responsabilidades adicionais:

As responsabilidades e tarefas enumeradas abaixo não são exaustivas. Como tal, o/a ESP-AEER pode assumir outras tarefas adicionais relacionadas com o seu nível de competências e experiência e de acordo com as necessidades do BuCo-GB e da SWISSAID.

  1. Recursos

O/A ESP-AEER gere o orçamento atribuído às intervenções no domínio da agroecologia e do empreendedorismo rural.

  1. Relações internas e externas

Internamente, o/a ESP-AEAR está em contacto com o pessoal da BuCo-GB responsável pelas actividades operacionais e a administração e finanças, bem como com o pessoal da sede da SWISSAID responsável pelas actividades da agroecologia e do empreendedorismo rural. A nível externo, o ESP-AEAT faz a ligação com parceiros da BuCo-GB e contrapartes relevantes em agroecologia e empreendedorismo rural.

  1. Educação, experiência profissional e competências necessárias

Educação:

Diploma universitário avançado de uma instituição acreditada no domínio do desenvolvimento rural, empreendedorismo rural, agronegócios ou disciplinas afins.

Experiência:

  • Pelo menos oito anos de experiência internacional na concepção e implementação de programas e projectos de desenvolvimento rural. Pelo menos três destes oito anos de experiência devem incluir a gestão de uma equipa.
  • A experiência de trabalho deve incluir experiência em organizações internacionais e/ou grandes organizações não governamentais activas no desenvolvimento rural.
  • Conhecimento e experiência profundos de técnicas e práticas de empreendedorismo rural e da agroecologia.
  • Experiência comprovada na concepção de projectos e na concepção e implementação do ciclo do projecto, em particular a Teoria da Mudança, a Abordagem do Quadro Lógico, e a Gestão Baseada em Resultados.
  • Conhecimento das abordagens e ferramentas de Monitorização, Avaliação, Responsabilização e Aprendizagem

Competências técnicas:

  • Capacidade de conceber orçamentos de programas e projectos;
  • Capacidade de desenvolver e gerir planos de negócios;
  • Comunicação escrita clara, sucinta e convincente em francês; linguagem altamente profissional, equilibrada e diplomática;
  • Proficiência no Microsoft Office, incluindo Equipas, e capacidade de aprender rapidamente novas ferramentas digitais; o conhecimento do Microsoft Project e Smartsheet seria uma mais-valia.

Aptidões comportamentais:

  • Ouvinte atento, eficaz e activo dos outros;
  • Ser proactivo e reactivo;
  • Excelente capacidade de resolução de problemas e de organização;
  • Excelentes capacidades interpessoais, capazes de comunicar com colegas a todos os níveis, num ambiente de trabalho multicultural;
  • Excelentes capacidades de apresentação e comunicação.

Competências transversais:

  • Competências de gestão de riscos; experiência na identificação e avaliação de riscos e responsabilidades relacionados com as actividades da SWISSAID; capacidade demonstrada para gerir estes riscos, aconselhando a gestão sobre estratégias de prevenção e mitigação;
  • Fluência em português e crioulo;
  • Conhecimentos de francês e/ou do inglês desejáveis;
  • Capacidade de organizar e facilitar actividades de grupo (reunião, seminário, conferência, inquérito, etc.).

9. Outras informações

  • Duração do contrato: Contrato de duração indeterminada
  • Termos e condições: Contrato local

How to apply

  • Como candidatar-se? Por favor, envie uma carta de apresentação e um curriculum vitae por e-mail para [email protected] copiando [email protected]
  • Apenas os/as candidatos/as selecionados serão contactados.
  • As candidaturas de mulheres são fortemente encorajadas.
  • Prazo de candidatura: 7 de novembro de 2022